ALUNOS DO 2º NÍVEL DE ENSINO DE BASE REGULAR EM KICUMBA-LEMBOA, FICAM SEM PROFESSORES

Publié le par LUVUVAMO YALA DAMBA

185Para culmatar a grande dificuldade que têem os alunos que passam de 4ª para 5ª classe, já que são obrigados todos os dias,a percorrerem mais de 7 km para uns e 10 km para outros, a pé, afim de frequentar aulas, na escola situada na regedoria de missão Ndemba, esse ano  Governo pensou abrir uma escola de 2º nível, na regedoria de Kicumba-Lemboa/ nkandugo do municipio de Damba, sem antes construir infraestrutura de ensino e de residencias para os professores e para o director, apesar das promessas feitas antes das eleições pelos governantes.

 

Mandaram para aquela localidade do município de Damba dois bons rapazes que acabavam de frequentar a formação de professores em zonas rurais, os quaisencontraram como  infraestrutura, uma casa em ruina,onde antes da guerra, funcionava uma Padaria e mais tarde,passou a ser usada como sala de reuniões de Sobas da regedoria.

 

Tendo sido apresentados as autoridades tradicionais local, a população se entregara de corpo e alma na limpeza da nova instalação escolar (embora arruinada ) porque importante é estudar, ainda que em condições lamentáveis.

 

 Para dormitório, aos dois professores,se desnrascavam uma pequena de dimensão não superior a 5 m de cumprimentos e 2 de larguras. A alimentação deles estava a cargo so soba Makamo de Kicumba-Lemboa / Nkandungo.

 

Tudo indicava que com a chegada dos professores na região, o governo viria a preocupar-se em curto prazo, em colocar alguns materiais de construção como sinal de inicio da construção; infelizmente, isto não aconteceu !

 

Neste momento os alunos não estão a estudar, como também já não há meio deles serem matriculados na escola de missão Ndemba que dista a 7 km, como adiante referimos. A razão dessa falta tem como base o abandono pelos professores, da regedoria sem adiantar qualquer outro tipo de justificação.

 

Uma situação extremamente lamentável que leva aos encarregados da educação e dos próprios alunos a clamar pelo socorro, visto que estudar é um direito para todo cidadão e fundamental para a construção de angola de amanhã.

 

Dos poucos dados que se dispõe, informamos atravez desta página, de forma a que possa surgir para essas crianças uma ajuda que afasta o desespero sobretudo para aquelas que não têem familiares em grandes Cidades.

 

Eis uma das razões de abandono das zonas rurais para as cidades em busca de oportunidades e conforto. 

ESCOLA DO ENSINO DE BASE REGULAR DO 2º NÍVEL EM KICUMBA-Limagem da Escola de ensino de base regular do 2º Nível, na regedoria de Kicumba-Lêmboa/Nkandungo-Damba    

Publié dans Politica

Commenter cet article