- FAZEM SENTIDO AS RECLAMAÇÕES DO MUANADAMBA

Publié le par LUVUVAMO YALA DAMBA

DSCF2360-MBANZA DAMBA-MASSINZI

DAMBA MENTE POSITIVA em debate na facebook- PRIORIDADE DAS PRIORIDADES

.

Maurilio Luiele O que me intriga nestas coisas é a forma como se estabelecem prioridades: não seria prioritário substituir a ponte cais de Cabinda por um verdadeiro Porto Comercial? Na verdade um porto comercial em Porto Amboim atenderá acima de tudo as demandas de Luanda. Numa perspectiva de diminuição das assimetrias regionais seria sem dúvida mais importante construir o Porto de Cabinda há muito reclamado.
Maurilio Luiele Fazem sentido as reclamações do amigo Branquima Afonso Kituma Branquima
Humberto Lourenco
Infelizmente a guerra só traz desgraças. Parece que te esqueceste outra das partes que la xtavam e se renderam. O dinheiro não chega para tudo. È preciso ver a balança de pagamentos e a divida que temos ainda a nivel externo e interno.Anali...sa o PIB de Angola e o orçamento e tira as tuas conclusões. O mundo não se fez do dia para a noite. As transformações foram se fazendo. Agora quanto a Damba a coisas que são de responsabilidade do executivo e ha coisas que se pode pressionar que se façam, mas organizadamente. è preciso tambem que haja atractivos para que as pessoas invistam em actividade turistica, hoteleira e na agricultura e assim vai-se desevolvendo o Municipio.Ver mais
Luis Miguel Cafivela Cafivela Este projecto é xtremamente importante. Em relação a província de Cabinda para quando 1 porto de águas profundas?
Branquima Afonso Kituma Branquima Humberto,não inclui razão guerra que já não faz sentido há 9 anos; tendo em conta a estupida formúla que lancei que consiste no somátório de Orçamentos para recontrução de angola durante 9 anos, a dividir por 163 municipios. 2º Não só a outra das partes que se rendeu (Penas que eles não falam, embora foram FALAs), mas sim todos os guerreiros se renderam a Paz !3º Se o dinheiro não chega para tudo, mas chega para algo correspondente !4º como me manda ver aquilo que como cidadão, não me foi mostrado por falta de transparencia? As dívidas externas serão reconhecidas por mim, em função aos valores das realizações nos terrenos e fazer o balanço sobre os pagamentos tendo em vista as rendas. Como me fala de pagamento a serviços sem obras, ou obras mal feitas e sem focar nas entradas ou seja RENDAS do PAÌS ? Dizer que o mundo não se faz de um dia para outro, sim! mas estou a me referir de aanoos=9 !
Branquima Afonso Kituma Branquima Quanto a Damba, parece nos entendemos por quanto reconhece haver responsabilidade do executivo a assumir, só que queres te contornar a si próprio, quando condiciona que a pressão ao governo deve ser organizadamente (mas organizadamente) e adiciona mais outras condições-(- que haja atractivos...). Ora, a realidade nos municipios requer que se criem as minimas ou normais ou maximas condições de habitabilidade, de investimentos, de segurança em negócios, em finanças, em comunicação, etc...isto é que atraem pessoas ! Na falta disto, germina o fenómeno êxodo porque cria obstáculo ao desenvolvimento. Logo a pressão no sentido de ciação das condições para a salvação de angola, pode ser feito por pessoas singulares ou organizadas por ser o povo, fiscal dos actos do governo .
Branquima Afonso Kituma Branquima Esse debate que começou no Porto Amboim, suscitou a reclamação sobre o caso Damba, produziu uma outra reclamação para Cabinda e assim sucessivamente, vai aparecer mais reclamações e daí a razão da sustentabilidade de que HÁ MUITO AINDA A FAZER e deve se fazer já e ser bem feito de modo a que os angolanos se orgulhem do executivo; sem o qual, por um povo esclarecido, a pressão ao governo é o pão declarado de cada dia.
há cerca de um minuto ·  

Publié dans Politica

Commenter cet article