DAMBA- FUTEBOL NUM MUNICIPIO SEM ESTÁDIO

Publié le par LUVUVAMO YALA DAMBA

 003 Apesar do esquecimento que são vitíma, os miudos nas localidades de Damba tem se organizados em equipe de Futebol e realizam jogos importantes inter regedorias.

 

Já a nivel do municipio, existem equipes como Atalaya futebol, pertença da ONG - mais que as pessoas entende pertencer a missão Católica; a Associação Desportiva Vitória e certa da Comuna de Nsosso e a selecção da regedoria de Mbanza-Vinda, entre outras na classe dos mais velhos( Senhores). Nos menores, tive a oportunidade de apreciar equipes de pequenos no Nkusso Pete onde por falta de bola, os petises usavam turanja ( muito maior do que o norma )no lugar de bolas.

 

Já na área de Mbanza- Vinda, no caminho de Mukaba, mas quee pertence a Comuna de Nsosso, os miudos comparticipam em dinheiro depois de venda de alguns produtos do campo ou de florestas. Alguns mais velhos se oferecem servindo de treinador. Quando há partida marcada, não sei como como realizam os contactos, a equipe carrega com ele os adeptos que na maior parte são os habitantes das respectivas Comunidade. Os campos geralmente são os recintos escolares, capinados a mão pelos alunos.

 

Na comuna de Nsosso, há um campo não relvado, mas que dá para competições por ser o melhor dos que ví; aliás é alí onde se tem passado jogos de gentes não federados mas que entende do futebol.

 

A sede do municipio tinha ou tem um campo no Sala Mbongi cujo estado ignoro de momento. Na missão Catolica também tem um campo de futebol, como adiantei que são recinto escolares. Voltando a conversa: quando os petises carregam os adeptos para os apoiar num jogo a realizar-se muito distante,cada criança adepto leva consigo uma garrafa de água e um mocado de ginguba ou Biquedi para mantimento. Lá onde vai se decorrer o jogo, a equipe anfitriã também prepara a recepção dos visitas.

 

Nesta condição, tem merecida o apoio de mais velhos visto que grande parte das populações tem laços familiares, até porque em matéria de comida, não seria necessário se fosse só contar com os produtos do campo. o que falta mais alí, são aqueles produtos importados das Cidades.

 

 É muito impressionantes que esses miudos resolvem seus problemas sem muitas as vezes intervenções dos mais velhos !Sabendo bem as regras ou não de futebol, não cheguei de ouvir falar de uma querela dos miudos no campo de futebol.Mas mesmo assim, necessita-se de enquadramento.

 

O executivo angolano precisa de estender sua visão para todo o território. Damba ainda pode fornecer a nacional Jogadores de qualidade ! É só questão de reconhecer de que de Cabinda ao Cunene e de mar ao Lest, somos todos angolanos. Nas zonas rurais não estão somente camponeses, mas sim angolanos de todas as profissões e talentos em criatividades.

 

 Muitas das verdades que tem o campo , as cidades não as têem. Ora, pensem em associar todas as verdades. Só assim seremos abençoados.

 

Damba precisa de ti, de mim, dele e dela, de nós para o seu desenvolvimento e o desenvolvimento de toda angola.

 

sem Damba, Uige está incompleta e angola não é Republica de angola; a menos que mudem a constituição em vigor ! ,   

Publié dans Desporto

Commenter cet article